Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 19 de março de 2017

GUTERRES CONIVENTE COM O APARTHEID SIONISTA


Um relatório da ONU publicado esta semana pela Comissão Económica e Social para a Ásia Ocidental (ESCWA, na sigla em inglês) conclui que "Israel estabeleceu um regime de apartheid que domina o povo palestino como um todo".

O relatório considera "para além de qualquer dúvida razoável que Israel é culpado de políticas e práticas de crimes de apartheid", tal como definido no direito internacional.   Além disso, insta os governos nacionais a apoiarem a campanha por boicote, desinvestimento e sanções (BDS). 

Após a publicação do relatório o secretário-geral da ONU, cedendo a pressões dos EUA, ordenou a sua retirada da web.   

Em protesto contra o acto de censura de António Guterres a responsável pela ESCWA, Rima Khalaf, renunciou ao cargo.   "Demito-me porque é meu dever não ocultar um crime claro e porque apoio todas as conclusões do relatório", declarou Khalaf. 

O texto integral do relatório censurado pode ser lido aqui . 

Esta notícia não foi publicada pelos jornais portugueses que se auto-proclamam como "referência".

Resistir.info

Ler também em Página Global

Sem comentários: