sexta-feira, 11 de agosto de 2017

VENEZUELA | Recusamos o intervencionismo com todas as forças de nossa alma

PARTILHAR


O Presidente da República Bolivariana de Venezuela, Nicolás Maduro, recusou a onda de ações e manifesta-ções injerencistas que se vêm dando a nível internacio-nal por diferentes Governos que apoiam aos Estados Unidos em seus planos de intervencionismo imperial.

“Recusemos o intervencionismo com todas as forças de nossa alma”, sentenciou o Primeiro Mandatário Nacional em seu programa de televisão “Nos Domingos Com Maduro” número 92, realizado desde o Parque Vinicio Adamés no estado Miranda.

Do mesmo modo, assegurou que “Miami é a marca do assalto terrorista de hoje “, em relação ao ataque terrorista que sofreu a 41 Brigada Blindada do Exército, em Naguanagua, estado Carabobo, a madrugada do passado domingo 06 de agosto: “Não serão uns terroristas que vêm de Miami e de Colômbia quem parem o ritmo da Pátria”, afirmou ao mesmo tempo em que informou que tem ordenado que se revisem, se elevem, aperfeiçoem e melhorem as medidas de segurança de entidades militares.

Em tal sentido, objetou a posição do senador do partido republicano estadunidense Marco Rubio, publicada em sua conta da rede social twitter onde defende aos execu-tores de dito ataque.

Assim mesmo, assinalou que enquanto “os terroristas atacam por um lado, nós estamos vacinando, protegendo ao povo”; em vista da ativação do Plano Nacional de Vacinação que procura garantir o acesso gratuito de vacinas à população.

Maduro também indicou que os governos de Argentina, Brasil e Colômbia, carecem da autoridade suficiente para arremeter contra o povo venezuelano, já que estes atentam contra seus cidadãos ao privatizar seus direitos sociais.

Recalcou que apesar dos contínuos ataques “não puderam deter as eleições da Constituinte” e reiterou que a mesma é o caminho para a paz em Venezuela. “A Constituinte é mais legítima que todos os governos da direita que existem na região (…) A Constituinte sacou mais do duplo do que logro Juan Manuel Santos nas eleições presidenciais da Colômbia.

“Agora com ataques terroristas pretendem danificar a Força Armada e a vida em paz para justificar quem sabe que coisa. Foi aplastado o ataque terrorista! Venezuela tem estado em paz. Teve um incidente e atendemo-lo”, expressou durante a transmissão ao vivo, na que também entregou condecorações e outros prêmios ao delegação venezuelana que participou nos 23 Jogos Olímpicos de surdos 2017, realizados na Samsun, Turquia.

Nesta mesma ordem de ideias o Chanceler venezuelano Jorge Arreaza, expressou através de sua conta da rede social Twitter @jaarreaza: “Recusamos as irresponsáveis e criminosas expressões do @marcorubio incitando à violência e o derramamento de sangue em Venezuela”.

Igualmente, denunciou que por trás das operações paramilitares e propagandísticas se encontra a mão do Imperialismo e exortou à Comunidade Internacional a considerar os nexos entre as tentativas de isolamento a nosso país e as ações terroristas da direita.

O Cumbe

PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: